quinta-feira, 23 de abril de 2009

Ministro também tem saco!!!

Saia às ruas, presidente!!!

.... sem ouvir piadinhas do baqueiro bandido?? Eu duvido

Esse blog está ficando esquisito, virando um Frankenstein

de Susan Boyle à Gilmar Mendes??

que patifaria é essa??

Acredito que esta cena de bate-boca esteja na maioria dos noticiários. Aconteceu ontem, no STF (Supremo Tribunal Federal) e provocou muita polêmica. A verdade é que até ministro tem saco.

video

Escrevi o texto abaixo na "central do cidadão" no site do STF, mas logicamente isso não quer dizer nada. Mandei para os gabinetes dos ministros, pelo menos assim algum assessor talvez imprima e coloque numa pilha de papel. Se eu fosse ministro, leria.

No banheiro a gente não faz nada mesmo... excelente ocasião para pegar umas correspondências e ver o que acham da gente. Pior para quem tem prisão de ventre e poucos amigos.

Segue o texto:

Uso esse espaço para dizer, a não sei quem, neste honrado órgão ao qual não nos iludimos a ter acesso, que considero fundamental punir o Sr Ministro Joaquim Barbosa.

Onde já se viu uma pessoa na sua posição dizer a verdade, e em plena sessão. É um absurdo! Que seja punido e excluído do STF, antes que também se torne um fantasma da justiça falaciosa.

Ou pior. Antes que se contamine pela arrogância do senhor presidente (Gilmar Mendes) ou pelo espírito permissivo dos demais. Barbosa não deve ser santo, mas pelo menos dá a cara a tapa.

O interessante, para nós cidadãos, é que tudo foi gravado. Foi parar no youtube e tem centenas de milhares de visualizações. Independente da punição ao "infame" ministro, ficou claro para todos quem usou a expressão "lição de moral" de forma imbecil

Só porque é presidente, "Gilmar Dantas" pode ofender cinicamente os demais? Levou um cruzado de direita, que metade do país estava a fim de dar há muito tempo. O pior, como ele mesmo é o juiz, decretou o fim da luta, encerrando a sessão. Na lona.

"Saia à rua, ministro Gilmar. Vossa excelência quando se dirige a mim não está falando com os seus capangas do Mato Grosso!!!", falou e disse Barbosa.

Se ele atendesse a sugestão... Eu queria encontrar o ministro Mendes (não como repórter, como já aconteceu e fui obrigado a ouvir as respostas cínicas). Duvido que conseguiria escapar das piadinhas sobre o banqueiro Daniel Dantas. Eu conheço várias.

O caso do banqueiro bandido que o Mendes mandou soltar é apenas uma amostra da recente decadência moral do Judiciário, que "Vossa Arrogância", o presidente, tem aprofundado.

Ps: essa mensagem pode ser considerada ofensiva e deletada, mas isso não fará mudar a opinião de milhões de brasileiros

_________

terça-feira, 21 de abril de 2009

O talento de Boyle

Se foi um golpe midiático, funcionou.

video

A dona de casa Susan Boyle, 47 anos, moradora de um distante povoado escocês, encantou o mundo com uma surpreendente apresentação no Britain's Got Talent. Ainda é cedo para arriscar, mas acho que Boyle renderá altas cifras para a indústria fonográfica, e por muito tempo

A lição de humildade fez muita gente se emocionar. Eu não, logicamente, só estou nesta madrugada escrevendo porque sou um frio observador da mídia.... rsrsrsrsrs.. tá bom...
Mas enfim, mas vamos a algumas observações.

Além de cantar muito, a "desengonçada mulher de meia idade", como foi chamada mundo afora, derrubou o queixo da platéia e dos jurados com sua versão de "I Dreamed a Dream", do musical Os Miseráveis. Em menos de uma semana a internet transformou a escocesa em celebridade.

Sinceramente, acredito que ela foi descoberta em outro palco e as chacotas, seguidas de surpresa dos jurados, foram obra da produção do programa. Mesmo assim, é muito bom ver como a música tem a indiscutível capacidade de encantar...

O sucesso não seria o mesmo, não fosse a situação. No mundo inteiro a curiosidade foi alimentada pela aparente contradição entre a imagem "ridícula" no palco e a poderosa voz. Esse já é um ponto que merece ser discutido. O que há de errado com a aparência de Susan?

Ela se apresentou como uma pessoa comum, de pouca ou nenhuma vaidade. Não deveria ser discriminada, já que o programa não é feito para estrelas, mas sim para a descoberta de talentos entre pessoas comuns. Quem está fora de moda não merece uma audição decente???

Posso estar blasfemando, mas acho que se a Madonna tivesse crescido num povoado no meio do nada, reprimida sexualmente, trabalhando como um animal de carga e sem grana e acesso às metrópoles talvez tivesse com a mesma aparência. Poderia até dizer que nunca foi beijada.

Como todo jornalista (cético) acho que quando colocaram a 'tiazinha' no palco já sabiam o que ela ia fazer. O desdém foi idéia de algum produtor (inteligente), para chamar atenção ao programa. De qualquer forma, a descoberta de Boyle nunca será uma fraude.

Sucesso para quem tem talento!!!

No youtube foram milhões de acessos. Quem ainda não viu (poucos internautas, acredito) vale a pena dar uma espiada no vídeo.
____________________

sábado, 18 de abril de 2009

Madrugada de outono

As madrugadas de outono, acredito, são as piores.
Não há calor o suficiente para nos motivar a abrir a janela e olhar o céu,
nem frio o bastante para nos obrigar ao conforto do edredon
.
Isso vale para quem não tem nenhum motivo para estar em outro lugar, a não ser o próprio quarto... Sei lá porque, mas hoje as ruas não atraem, as músicas dos bares não soam bem, os sorrisos desconhecidos, mesmo espontâneos, não agradam. Quero estar só e aqui.

A momentânea autoreclussão é a melhor alternativa. É necessária para que um pensamento solitário prevaleça e flua, mais otimista que os labirintos encontrados no movimento da noite (hoje) medíocre que as ruas oferecem.
.

Hoje, pelo menos hoje, este é lugar onde queria estar.

Onde estiverem,
boa madrugada de outono a vocês, amigos

______________

terça-feira, 7 de abril de 2009

Protocolo virtual

Vender é tudo. Vender produtos, idéias, conceitos e obviamente ilusões. Mas ninguém vai ter a cara de pau de deixar você desconfiar que está comprando ilusões, porque ilusão não vale nada, a não ser para os que gostam de "enfiar a cara" no ópio. Estes pagam até caro pela viagem.

De modo geral, definitivamente, deixar-se enganar está fora de moda. É coisa de gente sem instrução e não combina nada com o perfil urbanóide do cidadão médio. Então, para convencer a grossa "nata consumidora" pós Procon, no mínimo, a MERCAdoria tem que ser bem embalada.

Mais ou menos como o serviço de proteção ao consumidor, que criou o fantástico "cadastro para bloqueio de ligações de telemarketing". Logo que você entra no site da Fundação Procon (SP)(http://www.procon.sp.gov.br/) se depara com o link para fazer o cadastro gratuito.

É um formulário... Invenção super prática e moderna, ok?. Você só precisa informar nome, endereço com código postal, CPF, RG, conta de e-mail e telefones que deseja bloquear.

Eles te mandam inclusive um e-mail de confirmação, no qual você acessa um link e confirma se foi você mesmo quem pediu o bloqueio de telemarketing na linha. Ok. Tudo bem. Muita calma. É mais um protocolo para sua segurança, afinal, o cyberespaço tem muitas armadilhas, certo?

O detalhe é que o tempo que você vai gastar para cumprir o protocolo virtual seria suficiente para atender uns cinco vendedores de curso de inglês, uns três de enciclopéia e dois de celular de novas operadoras (estes insistem muito). Ainda sobrava um tempinho para você tentar encontrar um amigo, que também compre o celular, para vocês ganharem bônus em dobro.

Além disso tudo, você não sabe para quem está enviando seus dados. Não dá para ter certeza que estarão livres daqueles CDs, fabricados na China e gravados em alguma lan house chumbrega, que contém até 10 mil "malas direta" dos "crientes" da Receita Federal.

Agora se você já criou algum grande empreendimento pela internet e está precisa atrair novos sócios, como por exemplo, digitadores de mala direta, que para entrar no quadro societário precisam digitar dados de mala direta, depositar dinheiro em contas correntes, para somar mais digitadores e digitar mais nomes.... bem.... seus problemas acabaram.

Continue a informar seus dados em todos os formulários que puder. E nem conte comigo, porque... até que não digito mal, mas troco letras para caramba.

_____